logotipo

“Dividir para conquistar” é a tática da gestão de projetos. De facto, ao realizar uma abordagem global de um projeto, ou seja, vendo-o com um todo, este irá parecer imenso, confuso, intratável e difícil de entender na primeira impressão. Porém, ao dividir esse mesmo projeto em duas partes e, depois, cada metade em outras duas metades, começamos a ver pequenos pedaços do projeto, cada vez mais fáceis de ler, de entender e de interpretar. Portanto, para melhor planear, executar e controlar um projeto, é conveniente dividi-lo em pedaços menores.

Sabe calcular margens, comissões de venda, prazos médios de cobrança, fazer gráficos ou programar o Excel através das macros e VBA? Faça o teste online e descubra como estão os seus conhecimentos desta poderosa ferramenta de gestão.

Há muito que vários clientes e amigos nos pedem este tipo de solução. Querem um modelo a partir do qual possam conduzir e apresentar um plano de negócios. Uma ferramenta que os conduza pelo processo de criação do plano de negócios e que sirva simultaneamente para apresentar a investidores, financiadores e outros interessados. Temos aplicações em Excel e Google Sheets que fazem cálculos, e-books e cursos online que ensinam como fazer mas não temos uma aplicação para fazer planos de negócios. Até agora…

Em 1980 Michael Porter desenvolveu o modelo que ainda hoje é considerado uma referência essencial para líderes e gestores de todo o mundo: o modelo de 5 forças competitivas. Através dele, as empresas procuram não só compreender e caracterizar o ambiente competitivo em que operam mas também geri-lo ativamente na busca de vantagens estratégicas e rentabilidade. Neste artigo propomos um desafio: até que ponto conhece o modelo de Porter? Faça o quiz e descubra.