Quando analisamos dados em bruto e transformamos a informação em conhecimento útil, obtemos Informação de Negócios, ou Business Intelligence. Como resultado da necessidade de transformar grandes quantidades de dados em informação segmentada, que possa ser usada para a tomada de decisão, o uso dos dashboards é cada vez mais generalizado. Os dashboards são, pois, o instrumento ideal para apresentar a informação de uma forma gráfica e fácil de usar.

A segmentação de mercado é uma das principais responsabilidades do marketing estratégico das empresas. Ao dividirem o mercado em grupos homogéneos que representem diferentes perfis de consumidor, as empresas podem desenvolver estratégias diferenciadas que vão de encontro a necessidades específicas de cada um. Podem desenvolver produtos, comunicar e praticar preços diferentes para cada segmento de mercado.

A gestão de inventários é uma área crítica na gestão das organizações, pois a forma como o fazemos tem implicações directas nos resultados comerciais e financeiros.

Decidir quando encomendar, quanto encomendar e qual a quantidade a manter em stock é uma acção complexa devido aos fatores envolvidos neste processo. É aqui, novamente, que o Solver demonstra todas as suas capacidades.

O Solver pode ser usado para apoiar a tomada de decisões de planeamento financeiro. Nas empresas, é comum fazer-se um exercício de planeamento estratégico, normalmente uma vez por ano, no qual se analisam oportunidades de desenvolvimento de novos produtos, entre outras questões. Claro que a empresa não pode abraçar todas as oportunidades de investimento. Por uma questão de critério na sua gestão de alocação de capital, terá que selecionar apenas aqueles projetos com maior potencial estratégico.

Como falamos antes, os custos com o pessoal são uma preocupação constante e premente para os responsáveis financeiros das empresas.

Nada melhor do que um exemplo prático para verificarmos o contributo do Solver para esta questão sensível.

Uma questão muito pertinente quando procuramos aumentar o lucro da empresa é a do product-mix. Qual a combinação ótima de produtos a produzir e vender que maximiza os resultados e simultaneamente satisfaz a procura?A resposta requer uma contabilidade analítica capaz de determinar margens de contribuição por produto e um pouco mais: requer um modelo de otimização que por “tentativa e erro” chegue não só a uma solução possível mas principalmente à solução ótima. O Solver é precisamente a solução para este tipo de questões.

A melhor forma de compreender como o Solver funciona é começar a usá-lo!

Vamos agora propor um exercício para "meter as mãos na massa".

Eis o cenário: A nossa empresa possui 3 armazéns a partir dos quais distribui produtos a 5 cidades do país e o objectivo é saber qual a quantidade ótima a distribuir a partir de qual armazém.

Agora, teremos de escolher um método de resolução do problema a partir da caixa “Select a Solving Method”, além da indicação de objetivos, variáveis e restrições.

Nem sempre é fácil compreender o que faz cada um dos três métodos disponíveis (existem três algoritmos apenas a partir da versão 2010 do Excel) e como se chega a uma solução.

Em geral, escolhemos:

O Solver - o suplemento mais poderoso do Excel - utiliza-se para determinar o valor máximo ou mínimo de uma célula alterando outras células. Por outras palavras, “E se alterar esta variável, o que é que acontece…?” Vamos ficar a saber como usar esta ferramenta para ajustar os valores nas células de variáveis de decisão e de constrangimento para produzir o resultado que se pretende para a célula de objetivo.

Mas antes de começar a usar o Solver é necessário ativá-lo. Não se preocupe, o processo é bastante simples:

Esqueça os romances cor-de-rosas ou os policiais do costume. O que nos vai “arrefecer” este verão é o Excel. Que melhor leitura de férias, para preparar a rentrée profissional? Sentados na esplanada ou à sombra de um pinheiro, vai valer a pena recordar os conceitos básicos das folhas de cálculo do Excel.