quinta, 31 agosto 2017 08:34

Dados e Informação: a base do conhecimento

Escrito por 

Dados e Informação: estas duas palavras estão presentes no nosso quotidiano e, provavelmente, não nos damos conta de que têm “vida” própria. As palavras dados e informação cruzam-se em vários contextos e, em muitos casos, como sinónimos. No entanto, não têm o mesmo significado. Na verdade, os dados antecedem a informação e ambos são a base para o conhecimento.

O que são dados?

Existem várias definições, mas podemos dizer que dado é algo que não tem significado por si só e que não nos leva a nenhuma compreensão. Por outras palavras, é a representação (normalmente numérica) de uma ocorrência que, por não ter fundamento - o quê e para quê - para o receptor, não lhe permite perceber o que significa ou o que representa.

Os números 1, 4,7 e 9 são dados, mas apresentados de forma aleatória e avulsa não permitem obter uma conclusão. Se os ordenarmos, por exemplo, como 1974 estaremos mais perto de uma compreensão, mas ainda assim permite muitos e diferentes significados. Podemos estar a falar do ano em que o Presidente dos EUA, Richard Nixon, renunciou à presidência após o escândalo de Watergate, do vencimento mensal de um político ou até do número de passos que dou de casa até à paragem do autocarro.

Neste sentido, os dados são um conjunto de valores ou eventos, com os quais são obtidas informações, com o objectivo de adquirir conhecimento.

 Existem dois tipos de dados:

  • Os dados estruturados - são dados formatados, organizados em linhas e colunas (ou tabelas) e são facilmente processados.
  • Os dados não estruturados - são dados que não tiveram um tratamento específico e são mais difíceis de serem processados. Por exemplo, mensagens de email, imagens, documentos de texto, etc…

Gostaria, ainda, de fazer referência aos dados brutos ou raw data. Estes dados, também conhecidos como dados primários, são dados (por exemplo, números, leituras de instrumentos, figuras, etc.) que apenas foram recolhidos de uma fonte. Se colocarmos numa folha de Excel a quantidade de determinado artigo, vendido em determinada zona, por determinado vendedor, isso é "dados brutos". Dados brutos porque não foram submetidos ao processamento ou à "limpeza" para remover outliers, identificar os erros de entrada de dados ou a qualquer análise estatística, por exemplo.

A palavra "dados" é, também, um termo relativo pois o tratamento de dados geralmente ocorre por etapas e os "dados processados" a partir de uma determinada etapa podem ser considerados os "dados brutos" da próxima.

O que é informação?

Informação, enquanto conceito, adquire uma multiplicidade de significados, do uso quotidiano ao técnico. Normalmente, o conceito de informação está intimamente ligado às noções de comunicação, controlo, dados, formação, conhecimento, significado, percepção ou representação de conhecimento.

Informação será, pois, o que resulta do processamento, tratamento e organização dos dados, de tal forma que represente uma transformação (qualitativa ou quantitativa) no conhecimento do seu receptor.

Se informação é “dados organizados”, este texto pode ser um conjunto de informações. Se estes dados gerarem sentido para si, com maior ou menor qualidade que retira da interpretação que faz, estamos perante um bom exemplo de informação. No entanto, uma informação pode ser altamente significativa para um indivíduo e a mesma informação pode não ter importância nenhuma para outro, ou seja, o valor da informação altera de indivíduo para indivíduo, em função das necessidades e do contexto em que é gerada e partilhada.

Depois de passarmos dos dados à informação, teremos necessariamente de chegar ao conhecimento. Quem não quer ser portador de mais conhecimento? Mais conhecimento implica melhores decisões. Melhores decisões implicam melhores resultados.

O conhecimento é, então, o que resulta de uma ou várias informações, organizadas numa lógica e que têm o poder de criar acções a partir do seu significado.

dinf1

 Os dados são o menor nível de abstração da informação (são a sua forma primária) que, por sua vez, geram informação que irá levar-nos ao conhecimento. A imagem anterior pretende, de alguma forma, inferir a diminuição do nível de abstracção quando passamos de um conceito para outro. Quanto maior for a abstração menor será o grau de compreensão.

O que tem isto a ver com Informação de Negócios?

Quando utilizamos ferramentas como o Excel ou o Power BI pretendemos gerar conhecimento, através da análise de dados e da informação daí resultante, para que o processo de tomada de decisão seja o mais rápido e preciso possível.

Com estas ferramentas conseguimos diminuir o nível de abstração dos dados para fornecer informações relevantes à organização, ou seja, conseguimos tirar os dados da sua forma estática e sem significado, para um estado dinâmico, permitindo que se gere conhecimento através da relação e cruzamento das informações obtidas.

Como sabemos, as empresas e organizações têm grande preocupação com a informação. Se antes necessitavam de dados para poderem agir, hoje querem que, da grande quantidade de informação que têm ao seu dispor, apenas uma pequena parte seja informação decisiva.

No Portal Gestão temos à sua disposição várias ferramentas, em vários modelos, que o podem ajudar a adquirir conhecimento de forma simples e à medida do tempo que tem disponível.

Inscreva-se agora nos Cursos Online Controlo de Gestão, Excel para Gestão ou Power BI, entre outros, e ficará mais capacitado a analisar, tratar e a apresentar melhor informação através do uso das ferramentas informáticas mais utilizada nestes domínios.

Não deixe de analisar as funcionalidades das Folhas de Cálculo e de optar por tornar o seu trabalho mais fácil e seguro.

Se preferir frequentar Formação Presencial, temos à sua disposição cursos intensivos que o vão preparar para os desafios do Business Intelligence, ou podemos estruturar um curso à medida da “sua sede” de conhecimento.

 

 

Vasco Nogueira

Escreve para o Portal Gestão e dedica-se à produção de conteúdos relacionados com o Excel e análise de dados.
Desenvolveu a sua carreira profissional na banca.

  1. Comentários (0)

  2. Faça o seu comentário

Comentários (0)

Ainda não existem comentários a este artigo

Deixe os seus comentários

  1. A comentar como convidado. Registe-se ou faça login para aceder à sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Share Your Location