O que é a Aprendizagem Organizacional?

Da mesma forma que a aprendizagem é essencial para o crescimento dos indivíduos, também é importante e fundamental para as organizações. As pessoas, como principais recursos das organizações, têm de criar as formas e os processos necessários para permitir a aprendizagem organizacional, facilitando a mudança. Não é, pois, de estranhar que o conceito de uma organização que aprende se tenha tornado tão popular uma vez que o que as organizações mais querem é conseguir adaptar-se às mudanças, da melhor maneira possível.

A aprendizagem é um conceito dinâmico e enfatiza a natureza, em constante mudança, das organizações. Gradualmente, o seu foco  está a mudar da aprendizagem individual para a aprendizagem organizacional.

Na literatura podemos encontrar algumas definições para a Aprendizagem Organizacional: Chris Argyris e Donald Schön (1978) definiram a aprendizagem organizacional como "a deteção e correcção de erros". Posteriormente, Fiol e Lyles explicaram a aprendizagem como "o processo de melhorar ações através de melhor conhecimento e compreensão" (1985). Já para Dodgson a aprendizagem organizacional é "a forma como as empresas constroem, suplementam e organizam o conhecimento e as rotinas em torno das suas actividades e dentro das suas culturas e adaptar e desenvolver eficácia organizacional melhorando a utilização de competências amplas nas suas forças de trabalho" (1993). Na opinião de Huber, numa organização a aprendizagem ocorre "se através do processamento de informação, a amplitude dos comportamentos potenciais [da empresa] é mudada" (1991).

A Aprendizagem Organizacional é mais do que a soma das partes da aprendizagem individual (Dodgson, 1993; Fiol & Lyles, 1985). Isto significa que quando algum membro deixa a organização, esta não perde as suas capacidades de aprendizagem. A aprendizagem organizacional contribuiu para a memória organizacional. Deste modo, o sistema de aprendizagem não influencia apenas os membros que fazem parte da organização actualmente mas também os membros futuros devido à acumulação de histórias, experiências, normas e episódios.

Uma "organização que aprende" é uma empresa que, com sucesso, constrói estruturas e estratégias para aumentar e maximizar a Aprendizagem Organizacional (Dodgson, 1993). Criar uma organização que aprende é apenas metade da solução para o desafio (Prahalad & Hamel, 1994). É também importante criar uma organização que não aprende, o que essencialmente significa que a organização deve esquecer o seu passado. Assim, frequentemente, a aprendizagem ocorre entre factores em conflito (Dodgson, 1993).

Deixe os seus comentários

Comentar como convidado

0
Os seus comentários estão sujeitos a aprovação
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontado
Back to top